sábado, dezembro 31, 2011

Acelera a fundo. O vento contra o rosto. Está gelado. Mas a sensação de liberdade supera tudo.

Também poderás gostar

5 comentários

Mais lidos

Facebook

Seguidores

Subscribe