tenta ser aquilo em que acreditas

in Tarzan.

Os meus olhos estavam vendados. Ouvia apenas a minha respiração, numa harmonia vibrante com a dele. Sentia as suas mãos acariciarem-me a cara, num toque suave que me fez arrepiar. A sua boca aproximou-se de mim e senti os seus lábios tocarem-me. Beijou-me. Arrastou-se até ao meu pescoço. A loucura da paixão mal tinha começado.

São tempo difíceis, estes. O futuro não é seguro e não sabemos o que este nos reserva. Enquanto o tempo passa, mais certezas eu tenho de que a distância entre nós vai mesmo tornar-se imensa. Um oceano de distância, adivinha-se. Vai ser doloroso? Vai, mas pelo bem e melhor de todos és tu quem se vai sacrificar. És tu que vais para longe, enquanto todos permaneceremos no mesmo lugar, juntos. Sei que não vai ser eternamente, mas vai custar cada minuto que passar. Mas não te esqueças que quando regressares a este sítio, ao qual chamas casa, cada um de nós, cada um de nós que te ama, estará à tua espera para te ajudar a carregar as malas. Amo-te, pai.

Ela sonha encontrar o príncipe encantado. Ela sonha ir até Paris num balão de ar quente. Ela sonha com um pedido de casamento nas nuvens. Ela sonha viver feliz para sempre. Ela sonha alto demais...

inspiração, tenho saudades tuas. vem ter comigo.

fujica half

Prometeste um regresso que não se deu. Ficaste longe e longe te mantiveste até agora. No fundo, eu sabia. Eu sabia que eram promessas em vão, aquelas que me fazias, enquanto pegavas na minha mão e me olhavas nos olhos. Sentia cada palavra com uma estranha essência, a adivinhar distância. Mas quis ter esperança e acreditar em algo que só eu pensava existir: amor entre nós.

Have you ever seen the morning when the sun comes up the shore and the silence makes a beautiful sound? Have you ever sat there waiting for the time to stand still, for all the world to stop from turning around?

And you run 'cause life is too short.

Have you ever seen the glowing when the moon is on the rise and the dreams are close to the ones that we love? Have you ever sat there waiting for heaven to give a sign, so we could find the place where angels come from?

And you run 'cause life is too short.

There's a time that turns. I'd turn back time, but I don't say I can. It only works if you believe in the truth. Well, there's a time to live and a time to cry, but if you're by my side I will try to catch a star, I'll try to catch a star just for you.

And you run 'cause life is too short.

Scorpions - Life is too short

Os pés descalços faziam a madeira ranger em determinados sítios devido à fragilidade do chão daquela casa. A um ritmo que só ela comandava, sem mesmo se aperceber disso, passava horas ali. Era a divisão da casa que mais gostava, porque as paredes da mesma eram somente espelhos. Estava tudo com demasiado pó, da primeira vez que por lá passou e espreitou pela janela, mas não iria perder por nada a oportunidade de ter um sítio para meditar, no meio do nada, numa casa abandonada, numa divisão poeirenta e esquecida no tempo. De facto, ali as horas perdiam-se na eternidade e ela ficava horas a dançar em frente aos espelhos, enquanto o pó se ia levantando por onde ela passasse, ainda que suavemente, como se deslizasse. Nada a fazia mais feliz. Estar sozinha, vazia de sentimentos e pensamentos e apenas dançar, dançar, dançar...

Saudade. Uma palavra tão bonita, poderosa e desgastante. Passaram meses e alguns ainda virão e eu continuo aqui sem ti. Os dias passam como se fossem eternos e agora o tempo teima em não ajudar naquilo que sinto. Um noite fria de Inverno sem ti é o extremo daquilo que passámos durante as noites quentes de Verão, juntos, abraçados, eu sentada ao teu colo, tu com os dedos entrelaçados nos meus longos cabelos, terno e seguro de si mesmo. Tenho saudade desse teu olhar brilhante até mesmo no escuro, quando ficávamos deitados no pequeno jardim da casa dos teus avós para ver as estrelas. A única estrela que via eras somente tu, e não conseguia desviar os olhos de algo tão belo, que me fazia tão feliz.
Com o fim do Verão, o vento frio de Outuno que prometera levar-te, chegou e assim o cumpriu. Escrever para ti é uma forma de fazer com que o tempo passe mais rápido. Espero que embarques depressa no avião com o destino de sempre. Tens alguém aqui à tua espera.

Corre atrás de um rio. Apanha uma estrela. Cheira uma rosa. Leva-te a andar de balão. Anda descalça na relva. Corre uma praia inteira debaixo de chuva. Dá um mergulho no mar bravo e sustém a respiração até ao máximo. Inspira. Expira. Bebe até caíres para o lado. Levanta-te e volta a erguer o copo. Deita-te sobre pregos. Queima os dedos numa chávena de chá quente. Acende e apaga a luz do teu quarto mil e duas vezes. Liga para aquela pessoa que já não falas há imenso tempo. Manda quem te apetece para o caralho! Diz para ti própria que és linda. Acredita no valor que tens. Compra uma máquina fotográfica analógica. Fotografa o fim do mundo. Finge que estás doente só para não ires às aulas. Faz com que acreditem que te vais embora para sempre. Tenta que "ele" perceba que tu és a tal, que te beije e abrace e te diga "Não vais... Não sei ser sem ti a meu lado".

Foi apenas mais uma história de amor que acabou por se transformar em cinzas. As chamas da paixão apagaram-se e ficou aquilo que restou delas. Cinzas e um vazio horrendo, por não voltar a sentir-te junto a mim. A porta de casa não mais se abrirá de repente, e não mais de repente olharei esse teu rosto, esboçando um sorriso.
As flores do jardim do nosso amor acabaram por murchar e não arranjo forças para as fazer desabrochar de novo. Apenas uma pessoa não é suficiente. Um grande amor é para ser vivido a dois.

SCORPIONS ♥ 11.11.11

Guardámos os segredos do nosso amor perto do lugar que o viu crescer. A cada dia que passou, colocámos um pouco mais deste sentimento dentro da pequena caixa de madeira. Mas rápido, para que nada do que já lá estivesse dentro escapasse com o vento. Guardámos os sorrisos e o primeiro beijo. E os que já demos a seguir a esse.
Por vezes, penso que mais tarde ou mais cedo descobrirão a caixa. Mas sabes, estou tranquila. Para quem a abrir, será apenas mais uma caixa de madeira vazia. O amor não se vê, sente-se. Só nós sentimos verdadeiramente aquilo que os outros sentem como um arrepio na espinha.

Mais lidos

Facebook

Seguidores

Subscribe